Teca

Fundamental é amar/amar e viver/amar é viver/abrir-se ao outro/seja pássaro,flor ou gente! Ah vida..

Textos


                        Não mais

     No fundo dos meus olhos
        Explode a dor em lama
Cadáveres de sonhos deslizam chorosos.
No fundo dos olhos o rio.

O rio outrora doce
Agora jaz.
Em sua goela, sob a noite 
O estertor ...
Surda, a lama dorme em berço esplêndido 
nos vales corruptos.

Ó morte filha da insensatez
Dança,  dança sua frenética estupidez!

Desfila sua dura cerviz sobre o rio.  O rio?
  Não mais o rio.
 Não mais os peixinhos,
 a relva,   e os olhares febris dos pescadores.
Não mais a terna preguiça dos finais de tarde...
Não mais o riso das criancas embalando o sono do rio..
                         Não mais.







goela aberta sobre a noite
O estertor 

 
Teca
Enviado por Teca em 10/12/2015
Alterado em 11/12/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras