Teca

Fundamental é amar/amar e viver/amar é viver/abrir-se ao outro/seja pássaro,flor ou gente! Ah vida..

Textos


Chovendo no molhado

 Alguém(não  sei onde, nem quem),disse mais ou menos 
isso: que entre o começo  e o fim da vida há  um espaço muito curto e que portanto seria bom que aproveitassemos o meio....
      Confesso que desde a  infância  tenho ponderado sobre a brevidade  do nosso tempo por aqui. Talvez por  ter ficado órfã  aos dois anos. Mas quando se é  jovem
este pensar se apresenta com roupagem romântica meio difusa...
 Ultimamente, minha imagem refletida no espelho me adverte da realidade nada romântica  da dita frase e da fase minha... Cada detalhe do meu rosto conversa comigo e me recorda outra frase, agora biblica. Corintos  1;7 que diz 
que passa a figura desse mundo.
  Portanto, agora é a hora. Agora é  a minha e talvez  nossa hora. Agora é o momento de fazer da casa, mais que um abrigo mais ou menos seguro. Agora é  o momento de fazer da casa  um lar.É  preciso que nos cerquemos  de flores, ( essas companheiras de viagem)as flores que em seu trajeto  transitório  tanto nos ensinam. Desde a minha juventude  eu as amava  achando que no belo estaria a imortalidade. Agora elas se tornaram muito próximas,  somos cúmplices, partilhamos a mesma sorte.
       Cultivemos  nossas flores, busquemos interiorizar  suas delicadezas, humildade, generosidade por que afinal
amanhã morreremos. Que Deus nos ajude a sermos ao menos parecidos com as flores,  perfumes de Deus. Viveremos esse tempo que nos é  dado muito mais felizes, faremos com que todos quantos passem por nós nessa  curta trajetória possam respirar melhor e quem sabe possamos tornar mais agradável a viagem daqueles aos quais dizemos amar!






 
Teca
Enviado por Teca em 11/08/2016
Alterado em 12/08/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras